* Justiça Federal aceita denúncia contra professor do colégio Christus por vazamento do Enem.

A Justiça Federal do Ceará aceitou, nesta quarta-feira (1º), a denúncia feita pelo Ministério Público Federal do Estado contra o professor do colégio Christus Jahilton José Motta pelo vazamento de questões do Enem (Exame Nacional do Ensino Médio) em 2011.

Em sua decisão, o juiz Danilo Fontenelle Sampaio, da 11ª Vara Federal, rejeitou as acusações da Procuradoria contra os demais suspeitos de envolvimento na fraude. São eles: as funcionárias do Inep (Instituto Nacional de Estudos e Pesquisas Educacionais) Maria Tereza Serrano Barbosa e Camila Akemi Karino; a representante da Cesgranrio Evelina Eccel Seara e a coordenadora do colégio Christus Maria das Dores Nobre Rabelo.

A investigação da Polícia Federal apontou que, poucos dias antes da realização do Enem, o professor de física entregou aos alunos do colégio em Fortaleza um material de estudos com questões idênticas às da prova aplicada nos dias 22 e 23 de outubro de 2011. As perguntas teriam sido retiradas de um pré-teste realizado em outubro de 2010.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »