* Prefeito de Caraúbas segue buscando fazer "Caixa" por um lado e estourando por outros, nossa!

O Prefeito de Caraúbas segue buscando fazer "caixa" de todas as maneiras possíveis, após o plano fracassado de reduzir a folha da educação, esse aumentando a carga horária dos professores e diminuindo o tempo do aluno na Escola, a bola da vez é a tentativa de rever todos os pagamentos da municipalidade com a Fazenda pública, nossa.

No diário da FEMURN de hoje (31), existe um procedimento sem licitação na qual, a Prefeitura de Caraúbas contratou o escritório SARAIVA ADVOGADOS ASSOCIADOS, CNPJ: 13.462.731/0001-09, com a finalidade de Promover ações judiciais e/ou administrativa, de qualquer natureza, no intuito de revisar, suspender e/ou anular qualquer tipo de créditos previdenciários em desfavor da Prefeitura de Caraúbas.

O escritório será pago através do seguinte critério, percentual de 20% (vinte por cento) sobre o benefício mensal e financeiro auferido pelo município decorrente das medidas judiciais patrocinadas pelo escritório, conforme proposta de preço apresentada.

Apesar de buscar revisar os pagamentos da 'PMC',  a gestão da 'Nova' Caraúbas através de suas dispensas e inúmeras de 'Caronas' despertas muitas incógnitas junto a população no tocantes aos seus gastos.

Lixo: R$ 390  mil em três meses...

Combustíveis com dispensa na ordem de quase R$ 500 mil reais...

R$ 403 mil reais em polpa de frutas na Merenda Escolar...

Quase R$ 70 mil reais com iogurte na Merenda Escolas...

Carona na ordem de mais de R$ 2 milhões de Reais em plantões médicos...

R$ 100 mil reais em locações de veículos mensais...

R$ 86 mil em monitoramento na rede de educação...

Dezenas de  diárias...

Carona de mais de R$ 1 milhão de reais em remédios para farmácia básica...

Corte de terra na ordem de R$ 230 mil reais sendo que toda Caraúbas é ciente que o maior programa de corte de terra do município está sendo realizando pela Pedreira Potiguar...

Enfim são infinitos motivos que levam ao grande questionamento de o por que prefeito municipal querer rever pagamentos no intuito de fazer 'Caixa' por um lado e deixar transparecer que está gastando ou se autorizando a gastar tantos milhões de reais em um espaço tão curto de tempo.

Essas ações não estão sendo combatíveis dentro da ótica normal.

As autoridades fiscalizadoras com a palavra...

Com seu par segue o passeio e o jogo"
Isso está na regra Arnaldo?
Quando se tem temor da durabilidade do mandato sim, Antônio!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »