* Roberto Freire vai deixar o governo e Raul Jungmann permanece.

Nesta quinta-feira (18), após o pronunciamento do presidente Michel Temer de que não vai renunciar, o presidente do PPS, que ocupa o ministério da Cultura, Roberto Freire, afirmou vai entregar o cargo ao presidente Michel Temer. Já o ministro da Defesa, Raul Jungmann decidiu ficar no governo, ao contrário do que havia dito anteriormente.

Freire afirmou que vai se encontrar com Temer para formalizar a sua exoneração ainda hoje.

Após a divulgação da denúncia dos donos da JBS contra o presidente Michel Temer, ambos haviam afirmado que se caso o presidente não renunciasse, eles deixariam o governo.

Jungmann divulgou nota onde informa que permanece no governo: "Face às notícias divulgadas pela imprensa, o Ministério de Estado da Defesa, Raul Jungmann, comunica que permanece no cargo, no pleno exercício da direção superior das Forças Armadas, em cumprimento das funções para as quais foi nomeado pelo Senhor Presidente da República".
Racha. 
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »