* Sandra Rosado é condenada pela Justiça Federal e nega irregularidades.

A vereadora de Mossoró, Sandra Rosado foi condenada pela Justiça Federal pelo crime de apropriação indevida de recursos repassados pela União a Associação de Assietência e Proteção a Maternidade de Mossoró (APAMIM).

A sentença é do juiz federal Orlan Donato de Rocha.

Em nota, a ex-deputada nega irregularidades: 

“A respeito de recente decisão da 8ª Vara Federal, envolvendo meu nome, asseguro não haver praticado as irregularidades que me são atribuídas, quando, na condição de deputada federal, indiquei, dentro da Lei, emendas ao Orçamento da União que resultaram em desenvolvimento para vários municípios do RN, sem tirar disso qualquer proveito pessoal.

Recebo a notícia com serenidade, embora discorde veementemente das conclusões expressas na sentença, que, diante da comprovação de minha inocência, será modificada em instância superior.

Assim, com fé em Deus e convicta de que essa grave injustiça será reparada, agradeço a todos pelas manifestações de solidariedade, assegurando que o acontecimento não abalará em nada o trabalho que realizo em benefício do povo de Mossoró”.
Vereadora defende o asfaltamento dos 38 quilômetros da Estrada do Cajueiro em território potiguar, a partir de Jucuri, zona rural de Mossoró.
Sandra Rosado.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »