* Classe Política do RN e instituições lamentam morte de Wilma de Faria.

Nota de Pesar da Câmara Municipal de Natal: 

Sob grande consternação, a Câmara Municipal de Natal recebeu a notícia do falecimento da vereadora e ex-governadora Wilma de Faria. Em sua rápida passagem pelo Legislativo natalense, e na condição de 2ª vice-presidente da Mesa Diretora, ela engrandeceu o parlamento com uma postura firme, discreta e justa. 

Wilma de Faria iniciou sua carreira política como secretária de Trabalho e Bem-Estar Social do RN em 1983, sendo eleita três anos depois deputada federal. Conquistou seu primeiro mandato como prefeita de Natal em 1988, feito que repetiu outras duas vezes. Em 2002 foi eleita governadora do Rio Grande do Norte e reeleita para o cargo em 2006.   

A “guerreira”, como Wilma ficou conhecida, foi a primeira mulher a ser eleita prefeita de Natal, primeira governadora do RN, além da primeira potiguar a ser eleita deputada federal. Sua trajetória representa um marco na luta pela participação feminina na política.

Neste momento de dor, os vereadores de Natal dirigem seus pensamentos e orações aos familiares e aos milhares de norte-riograndenses que compartilham o sentimento de tristeza pela partida dessa grande mulher que deixa um legado na política do Rio Grande do Norte.

Nota de Pesar da Assembleia Legislativa: 
 
O Poder Legislativo, por intermédio dos representantes do povo, os deputados estaduais da 61ª legislatura da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, lamentam a morte da vereadora de Natal, ex-prefeita da cidade e ex-governadora do Estado Wilma Maria de Faria.  

Professora ou Dona Wilma, como muitos a chamavam, faleceu aos 72 anos com trajetória marcada como primeira mulher eleita deputada federal no RN, primeira prefeita de Natal e primeira governadora do Estado, eleita e reeleita. Em sua trajetória política, a “guerreira” também somou o trabalho como deputada constituinte e vice-prefeita de Natal, com atuação na área social e liderança em todo o Rio Grande do Norte.   

Por todo o trabalho na política e história do RN, o Poder Legislativo decreta três dias de luto oficial pelo falecimento da ex-governadora.

Em nome dos deputados estaduais e do presidente da Assembleia Legislativa Ezequiel Ferreira de Souza, a Assembleia presta sinceras condolências aos familiares, amigos e admiradores de Wilma, pedindo a Deus que conforte a todos.

Nota de Pesar do Tribunal de Justiça do RN: 

O Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte vem a público manifestar seu profundo pesar pelo falecimento da professora Wilma Maria de Faria.  

A sua passagem pela vida pública, como secretária de Estado, deputada federal constituinte, prefeita da capital, governadora por dois mandatos, vice-prefeita e vereadora gerou valiosas contribuições para o desenvolvimento do estado.

A par de sua vocação política, manifestada até os últimos momentos como vereadora, ela agregou ao engajamento na vida pública a defesa e o exemplo como militante da participação da mulher na vida social em todos os seus aspectos. Quanto a isso, o seu trabalho começou ainda como primeira-dama, quando exerceu papel relevante em atividades destinadas ao resgate social de setores economicamente desfavorecidos.

Registramos também a sua formação como mestra em educação pela Universidade Federal do Rio Grande do Norte e professora do Departamento de Educação do Centro de Ciências Sociais Aplicadas da mesma instituição.

Para quem acompanhou a sua vida pública, Wilma Maria de Faria é vista como uma mulher que encarou os desafios do seu tempo. Defendeu suas ideias, participou do que achou correto e trabalhou pelo que considerava necessário para a construção de uma sociedade mais justa, e sempre com um olhar voltado de maneira especial para as causas da mulher.

Construiu, voltando-se para o seu povo, um lugar na história do Rio Grande do Norte.

Por tantos motivos é que o Presidente do Tribunal de Justiça do Rio Grande do Norte, em nome do colegiado de desembargadores, dos magistrados e dos servidores, expressa suas condolências e solidariedade aos familiares de Wilma Maria de Faria nesse momento de dor e despedida.

 Nota de Pesar da FEMURN: 

A Federação dos Municípios do Rio Grande do Norte – FEMURN, em nome de seu Presidente, Benes Leocádio, Prefeitos filiados, diretores e servidores, manifesta profundo pesar pelo falecimento da fundadora desta Federação, ex-deputada, ex-prefeita de Natal, ex-governadora e ex-vereadora de Natal, Wilma de Faria, na noite desta quinta-feira (15), em Natal.

Nos solidarizamos com seus familiares, pedindo pelo conforto de seus corações neste momento de dor e saudade. O Rio Grande do Norte perde uma grande e dedicada cidadã, que certamente será lembrada pelos importantes serviços prestados aos municípios potiguares e ao nosso Estado.
 
Em nome da FEMURN e dos prefeitos do Estado, deixamos nossos votos de pesar.
 
Nota de Pesar de Zenaide Maia: 

“Recebo a notícia com profundo pesar. Wilma foi uma mulher pioneira em nosso Estado quando assumiu cargos como deputada federal, prefeita de Natal, governadora do Rio Grande do Norte. Sua trajetória representa um marco na luta pela participação feminina na política e isso é questão de orgulho para todas nós mulheres que sabemos da nossa importância. Ela também foi esposa, mãe e avó. Neste momento difícil expresso meus sentimentos e orações aos familiares e a todos os norte-riograndenses. A vereadora e Guerreira Wilma de Faria deixa um grande legado para a política do Rio Grande do Norte”. 

Nota de Pesar de Rogério Marinho: 

É com pesar que lamento o falecimento da ex-governadora Wilma de Faria, uma das maiores lideranças políticas do nosso Rio Grande do Norte. Que Deus conforte seus familiares e amigos nesta hora de dor.

Nota de Pesar de Ezequiel Ferreira de Souza: 

O deputado Ezequiel Ferreira torna público o seu sentimento de pesar pelo falecimento da professora Wilma Maria de Faria, a cidadã potiguar que por mérito, trabalho, garra, coragem, determinação e espírito público, marcou a sua trajetória política com raro ineditismo e ousadia, destacando-se como a primeira prefeita de Natal, primeira deputada federal e primeira governadora do Estado.

Wilma de Faria norteou sua vida pública pelos caminhos da solidariedade e destacada visão social, deixando um legado importante para a população e a história do Rio Grande do Norte.
 
Aos seus filhos, deputada Márcia Maia, Ana Cristina, Lauro e Cíntia, aos seus irmãos e demais familiares e amigos, externamos a nossa solidariedade e votos de força e coragem nesse momento de profunda dor e emoção pela eterna ausência da mulher, cidadã, política e guerreira Wilma de Faria.
 
Nota de Pesar do Vice-Prefeito Álvaro Dias: 

Transmito meu pesar e minha solidariedade aos familiares e amigos da vereadora, ex-governadora e ex-prefeita de Natal, Wilma Maria de Faria.

Wilma parte deixando legado de coragem e trabalho, além de inúmeras ações em sua vida pública, especialmente no campo social. Que Deus a receba e conforte todos aqueles que com ela conviveram e sofrem neste momento.
 
De Vivaldo Costa:

“Estou triste. O Rio Grande do Norte órfão. Wilma foi uma amiga que tive a alegria de caminhar e fazer política ao seu lado. Como deputado estávamos sempre juntos, fui seu auxiliar na prefeitura de Natal. Apresento meu abraço a seus filhos, netos, familiares. Estamos de luto com a partida da nossa Guerreira”. 

Nota do PSB/RN: 

O Partido Socialista Brasileiro do Rio Grande do Norte (PSB/RN) manifesta o seu pesar pelo falecimento da ex-governadora do Estado Wilma Maria de Faria. No PSB/RN, Dona Wilma imprimiu a sua marca e teve papel importante para o crescimento do partido. Suas ações, liderança e vanguarda serão sempre estimadas. Aos seus familiares, amigos e eleitores, a nossa sincera solidariedade.

Do Município de São Gonçalo do Amarante: 

O Prefeito de São Gonçalo do Amarante/RN, Paulo Emídio (Paulinho), decretou na manhã desta sexta-feira, dia 16, luto oficial de três dias pela morte da ex-governadora do Rio Grande do Norte, Wilma de Faria.

Paulinho lamenta profundamente o falecimento da “guerreira”, com quem manteve grandes parcerias políticas e administrativas em prol dos mais humildes, e ainda ressalta o trabalho prestado pela ex-governadora em São Gonçalo. 
 
“Wilma sempre se preocupou com os municípios do estado, e foi uma das que mais trabalhou por São Gonçalo. Ampliou e reformou a Maternidade Belarmina Monte, fez recapeamento asfáltico em várias localidades do município, implantou a companhia da Polícia Militar e ainda ajudou na construção de casas populares, além de vários programas sociais, como Restaurante Popular que beneficiou milhares de são-gonçalenses”, disse. 
Adeus Wilma de  Faria.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »