* Investigação culminou operação hoje contra o PCC no RN.

A investigação que originou operação deflagrada nesta manhã pelo Ministério Público, Juízo Final, que combate a organização criminosa PCC, aponta o telefone celular como a grande arma da quadrilha. Nele os bandidos usavam o whattsapp e combinavam todas as ações. Desde ordem para matar como para roubos e chantagens.

A investigação conseguiu a fixação de multa a empresa proprietária do aplicativo whatsapp, o Fecebook no valor de condenação de R$ 15 milhões pelo descumprimento reiterado de ordem judicial.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »