* Carlos Eduardo liberado no TJRN.

O Tribunal de Justiça rejeitou a denúncia contra o prefeito de Natal Carlos Eduardo, o gestor  era acusado de captação irregular de impostos. 

Prevaleceu o “in dubio pro reo”, ou, na dúvida, o réu é favorecido na decisão, sendo inocentado.

Carlos Eduardo livre, leve e pronto para disputa governamental.
Rumo às urnas...
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »