* No RN, mais de 100 mil declarações do imposto de renda ainda não foram entregues.

G1: Das 302.400 declarações de imposto de renda esperadas neste ano pela Receita Federal, o órgão afirma ter recebido, até a manhã desta quarta-feira (25), 196.783. Assim, baseado nas projeções do órgão no estado, mais de 105 mil potiguares ainda não entregaram suas declarações. 

Segundo a Receita, restam cinco dias para o fim do prazo, que termina às 23h59 do dia 30 de abril. Contudo, a Receita Federal alerta para que os contribuintes não deixem para última hora, a fim de evitar congestionamentos na rede, problema que pode interferir na entrega do imposto dentro do prazo. 

A Receita Federal em Natal-RN diz que o contribuinte que estava obrigado a declarar, caso não o faça, o CPF fica com o status “pendente de regularização”, sendo impedido de tirar passaporte, prestar concurso público, fazer empréstimos, obter certidão negativa, dentre outras situações que prejudicam a vida financeira do contribuinte.

Multa

Se o contribuinte estiver obrigado a apresentar a declaração e a apresentação for realizada após 30 de abril, será cobrada multa por atraso na entrega da declaração. 

O valor da multa é de 1% ao mês-calendário ou fração de atraso, calculada sobre o total do imposto devido apurado na declaração, ainda que integralmente pago, sendo que o valor mínimo é de R$ 165,74 e o valor máximo é de 20% do imposto sobre a renda devido. 

O termo inicial será o primeiro dia subsequente ao fixado para a entrega da declaração, explica a Receita Federal, e o termo final, o mês da entrega ou, no caso de não apresentação, do lançamento de ofício. 
IRPF.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »