* Suspeito do desaparecimento da menina Iasmin é preso no litoral do RN.

Foi preso na tarde desta quinta (26) o pedreiro Marcondes Gomes da Silva, de 45 anos, suspeito do desaparecimento da menina Iasmin Lorena de Araújo, de 12, que aconteceu no dia 28 de março deste ano. A prisão foi realizada pela Polícia Militar em Rio do Fogo, no Litoral Norte potiguar, e ainda terá as circunstâncias detalhadas. 

Marcondes tinha um mandado de prisão em aberto e teve sua foto divulgada pela Polícia Civil. Segundo a Delegacia Especializada em Defesa da Criança e do Adolescente (CDA) ele é o principal suspeito do desaparecimento que aconteceu no dia 28 de março. 

Na última terça (24), um corpo foi encontrado enterrado em uma casa em construção na Rua José Acácio de Macedo, a mesma onde mora a família da garota. Em razão do avançado estado de decomposição do cadáver, os pais de Iasmin ainda aguardam pela identificação oficial do corpo, o que só será possível por meio de um exame de DNA. Até lá, o corpo não pode ser liberado para sepultamento e permanece no Instituto Técnico-Científico de Perícia (Itep). 

O suspeito que até então era o pedreiro responsável pela obra na casa onde o corpo foi encontrado, sumiu assim que as equipes de busca das polícias Civil e Militar começaram as buscas no imóvel. O cadáver foi achado graças a um cão farejador do Batalhão de Choque da PM. 
Esse tá lascado total.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »