* Sinal Fechado: Rosalba é absolvida à unanimidade no STF e Gilmar Mendes pede vistas de Agripino após voto contra do relator.

O senador José Agripino Maia (DEM) e a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini (PP), foram julgados na noite desta terça-feira (08), pela 2ª turma do Supremo Tribunal Federal (STF), referentes à Operação Sinal Fechado.
A Sinal Fechado foi deflagrada em 24 de novembro de 2011 para investigar suposto esquema fraudulento envolvendo membros do Governo do Estado, políticos, empresários e lobistas dentro do Detran/RN no caso de inspeção veicular.
Além do senador Agripino, três ex-governadores do RN estavam investigados: Wilma de Faria, Iberê Ferreira (já falecidos) e Rosalba Ciarlini, agora absolvida à unanimidade pelos Ministros que compõem a 2ª turma: Ricardo Lewandowski (relator), Edson Fachin, Celso de Mello, Dias Toffoli e Gilmar Mendes. A defesa de Rosalba foi feita pelo advogado Paulo de Tarso Fernandes.

Em relação a Agripino, que tem a defesa feita pelo advogado Aristides Junqueira, o relator Lewandowski deu parecer contra o senador e Gilmar Mendes pediu vistas, anunciando que levará seu parecer em 22 de maio.
Rosalba se salvou.
Heitor Gregório.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »