* Em São Paulo, rejeição a Temer cresce e bate 90%.

Michel Temer deve mesmo deixar o governo com recordes de rejeição. Em São Paulo, um levantamento do Instituto Paraná mostra que o presidente é desaprovado por 90% da população. Em fevereiro, a parcela que não chancelava sua administração era de “apenas” 81,7%.

Sua aprovação é de apenas 7,1% entre os paulistas. No começo do ano, patamar era mais que o dobro: 15,3%.

A pesquisa está registrada no Tribunal Superior Eleitoral sob o n.º BR- 09235/2018.
O mais rejeitado da história.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »