* Presidente do TJRN destaca parceria com entes públicos para acelerar pagamentos de precatórios.

Durante a solenidade de entrega do selo de Bom Pagador a 63 entes públicos pelo cumprimento de suas obrigações com o pagamento de precatórios, nesta segunda-feira (11), o presidente do Tribunal de Justiça do RN, desembargador Expedito Ferreira, ressaltou que ao invés de obrigar os entes públicos a pagarem o que devem, o TJRN ofereceu parceria. Esses entes pagaram R$ 23 milhões a 323 credores, no ano de 2017.

O desembargador presidente destacou o trabalho feito pelo juiz João Afonso Pordeus, responsável pela Divisão de Precatórios, na implantação da rotina de audiências diretas com os entes devedores – em 2017, foram mais de 60 audiências realizadas, onde foram formalizados termos de anuência quanto aos pagamentos dos aportes mensais dos municípios devedores.

“Receber os precatórios é um direito do credor e uma obrigação legal dos entes devedores. De um lado, temos os credores, a maioria deles cidadãos para quem esse pagamento significa fato importante em suas vidas, além de justo. De outra, os municípios, muitos deles passando as dificuldades inerentes ao momento econômico-financeiro”.

O desembargador Expedito Ferreira disse que a premiação pelo TJRN decorre desse espírito: cobrar as responsabilidades legais, como é o seu dever, e ao mesmo tempo oferecer a colaboração competente para que os envolvidos possam cumprir a sua parte.

“Esses selos não significam uma homenagem. Significam o engajamento a um trabalho direcionado para atender o cidadão e o reconhecimento a quem dele participou”.
Presidente do TJRN.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »