* Presidente da APRAM denuncia descaso do Governo Robinson com a Segurança Pública do RN.

Em entrevista ao programa Cenário Político da TCM na noite desta quinta (12) o Cabo Tony Fernandes, presidente da Associação de Praças da Polícia Militar de Mossoró e Região (APRAM), denunciou o descaso do governo Robinson Faria para com os policiais militares, bombeiros e demais operadores da segurança pública do Rio Grande do Norte.

O dirigente lembrou que Mossoró, segundo município mais populoso, vive o ano mais sangrento da história com 138 mortes violentas e que, no estado, já tombaram 18 policiais, mesmo número de todo o ano de 2017 e proporcionalmente superior ao Rio de Janeiro, estado que está submetido a uma intervenção federal.   

Além da violência, há o latente desrespeito aos direitos dos profissionais que em sua maioria sequer receberam o 13º salário de 2017. “Não suportamos mais atuar na adversidade relacionada às condições de trabalho e ainda ser desrespeitado ante a falta de compromisso da gestão que privilegia alguns poderes e retira direitos dos que heroicamente fazem a segurança da população”, denunciou Tony.
RN abandonado.
Assessoria de Comunicação APRAM
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »