* Procuradoria vê indício de caixa 2 em nova acusação sobre ministro do Turismo.

O procurador-regional Eleitoral de Minas Gerais, Angelo Giardini de Oliveira, instaurou hoje (7) uma investigação para apurar indícios de caixa dois na campanha do PSL-MG, comandado na época pelo atual ministro do Turismo, Marcelo Álvaro Antônio.

A investigação parte do pressuposto de que a confecção de cerca de 25 mil santinhos da candidata Zuleide Oliveira não foi declarada pelo partido.

O "Procedimento Preparatório Eleitoral", nome técnico da investigação, tem como base reportagem publicada pela Folha nesta quinta mostrando que a candidata acusa o ministro de tê-la convidado a ser laranja na eleição, com pedido de devolução de verba publica do partido.

Zuleide guarda em sua casa pacote com cerca de 25 mil santinhos dela ao lado de Álvaro Antônio, que ela afirma ter recebido do partido.

Angelo Giardini pediu ainda ao Tribunal Regional Eleitoral que suspenda a análise das contas da candidata e determinou o envio de ofício para que Zuleide preste depoimento e apresente os santinhos que têm em seu poder.
Até quando esse laranja seguirá no governo?
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »