* Nossa: Provável Nova "Rita das Mercês" está livre...

A ex-chefe do gabinete da presidência da Casa, Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho, suspeita de chefiar um esquema que teria desviado cerca de R$ 2,4 milhões da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte por meio da nomeação de servidores fantasmas, foi liberada da prisão nesta quinta-feira (27). Os demais suspeitos presos já haviam deixado a prisão nessa quarta-feira (26).

Ana Augusta Simas Aranha Teixeira de Carvalho estava detida há cerca de 10 dias em decorrência da Operação Canastra Real, deflagrada pelo Ministério Público neste mês.

O Ministério Público tinha pedido a manutenção da prisão temporária dos investigados. As prisões de cinco dias foram renovadas uma vez, mas um novo pedido feito pelo MP foi negado pela Justiça.

Detalhe: A servidora só se tornou EX, após muitas negociações. Bastidores em ação.
Assembleia Legislativa é a casa dos fantasmas.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »