* TRF-4 recebe provas da delação de Palocci que promete ameaçar Lula e comprometer o PT.

Relator da Lava Jato no Tribunal Regional Federal da 4ª Região, o desembargador João Pedro Gebran Neto, recebeu um relatório com as provas apresentadas pelo ex-ministro Antonio Palocci em seu acordo de delação premiada, segundo informações do jornal O Globo.

Preso desde setembro de 2016, Palocci assinou acordo de delação premiada com a Polícia Federal no fim de abril. Se reconhecida a efetividade da colaboração, ele poderá deixar a prisão até o fim do ano.

Ex-braço direito de Lula e Dilma, Palocci participou das decisões mais importantes do partido nas últimas duas décadas. Ele foi condenado pelo juiz Sergio Moro a 12 anos, dois meses e 20 dias de prisão pelos crimes de corrupção passiva e lavagem de dinheiro.

Embora ainda sob sigilo, o conteúdo da delação já é conhecido em linhas gerais e ameaça implicar grandes bancos e os ex-presidentes Lula e Dilma, que negam qualquer tipo de acusação.

Detalhe: Novas acusações deverá levar o candidato de Lula a vencer logo no 1º turno. O povo tem demonstrado simpatia pelo crime, fato. 
Lula e Palocci eram muito amigos né seu moço!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »