* Facção Criminosa PCC pode estar envolvida no atentado a Bolsonaro.

A facção criminosa Primeiro Comando da Capital (PCC) pode estar envolvida na tentativa de homicídio contra Bolsonaro.

Fontes da Polícia Federal dizem que o relatório da investigação do atentado contra Bolsonaro faz menção a um eventual envolvimento do, acredite, PCC no crime.

Os policiais consideram a hipótese de a facção estar financiando a defesa de Adélio Bispo de Oliveira.

“Estamos trabalhando com todas as possibilidades”, disse um investigador que trabalha no caso à revista Crusoé.
Atentado segue sendo decisivo para o pleito, fato.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »