* Lava Jato: vice-prefeito de João Pessoa (PB) é alvo.

A Polícia Federal deflagrou nesta sexta-feira (09) desdobramento da Operação Lava Jato na Paraíba e nos estados de Minas, São Paulo, Rio de Janeiro e Mato Grosso do Sul, para desarticular uma organização criminosa que atuava na Câmara dos Deputados e no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA). Entre os envolvidos, está o vice-prefeito de João Pessoa, Manoel Júnior, que quando era deputado federal teria recebido R$ 50 mil de um grupo empresarial do ramo de processamento de proteína animal.

O ex-parlamentar paraibano teria recebido o pagamento da JBS como contrapartida à aprovação de emenda na Medida Provisória nº 653/2014. Com a aprovação da emenda, buscava-se promover a federalização das inspeções sanitárias de frigoríficos por meio de uma emenda, com natureza totalmente diversa do escopo da medida provisória nº 653/2014 na qual foi inserida.
Nossa!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »