* Realizado 2ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Felipe Guerra.

Discutir, debater e conhecer continuamente a realidade dos direitos da criança e do adolescente dentre outros temas propostos para aperfeiçoar e ir de encontro às novas políticas públicas.
Nesta última quinta-feira (22), aconteceu a 2 ª Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente do município de Felipe Guerra.
A conferência foi convocada conjuntamente prefeito municipal de Felipe Guerra, Haroldo Ferreira e pelo presidente do conselho municipal dos direitos da criança e do adolescente.
Dentre os temas discutidos como eixo central da Conferência, proteção integral, diversidade e enfrentamento das violências.
Segundo o Prefeito de Felipe Guerra, Haroldo Ferreira ele esteve falando do trabalho realizado pelo governo municipal com total assistência voltados para a promoção e realização das políticas públicas no município de Felipe Guerra.
“O governo municipal sempre esteve presente de forma atuante em conjunto com demais outros órgãos de defesa aos direitos das crianças e adolescentes”, disse o gestor municipal de Felipe Guerra, Haroldo Ferreira.
A II Conferência Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente de Felipe Guerra/RN, teve por objetivo geral avaliar as ações desenvolvidas, e propor novas ações para a implementação da política e do plano decenal de direitos humanos de crianças e adolescentes.
As conferências são espaços amplos e democráticos de reflexão, discussão e articulação coletivas em torno de propostas e estratégias que apontam diretrizes para as várias políticas setoriais envolvidas, como a da assistência social, da educação, da saúde, do esporte e lazer, da cultura, do transporte e acessibilidade.
Para a secretária de Saúde e Primeira-Dama Girlene Ferreira ela ressaltou a importância do acompanhamento das famílias diante de vários casos, além de ter frisado a participação de demais membros de órgãos representativos dos direitos das crianças e adolescentes.
A principal característica das conferências é reunir representantes do governo e da sociedade civil, especialmente as próprias crianças e adolescentes, para debater os principais desafios e decidir as prioridades para a política de direitos humanos de crianças e adolescentes.
Já a secretária Municipal de Assistência Social, Fátima Maximina esteve realizando uma explanação dos direitos da criança e do adolescente e de suas condições sociais e de vivência em âmbito geral.
Como autoridades representativas, estiveram participando os secretários municipais, Gilvandro Fernandes (Gabinete Civil), Sueliton de Brito (Obras e Infraestrutura), Maria das Neves (Educação), Antonio Heronildo Leite (Administração e Recursos Humanos) e contando com representação de segmentos de crianças e adolescentes, trabalhadores de serviços de atendimento de criança e adolescente do município e instituições não governamentais.
Ao final da conferência foram deliberadas propostas para os cinco eixos norteadores do trabalho temático do ano, e eleitos delegados que representaram o município na XI Conferência Estadual de Direitos da Criança e do Adolescente.
h


Equipe show...
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »