* Bolsonaro diz que vai combater ‘lixo marxista’ nas escolas.

O presidente Jair Bolsonaro (PSL) postou nesta segunda-feira, 31, em seu perfil no Twitter – rede social que tem usado para se manifestar e anunciar decisões do futuro governo – uma mensagem em que critica o ensino e diz que vai combater o “lixo marxista” nas escolas brasileiras. Segundo Bolsonaro, este combate é uma forma de melhorar o ensino e o desempenho do Brasil em rankings mundiais de educação.

Na mensagem, o presidente, que toma posse nesta terça-feira, 1º de janeiro, diz ainda que com essa ação pretende “formar cidadãos e não mais militantes políticos”.

Bolsonaro designou como ministro da Educação o filósofo de origem colombiana Ricardo Vélez Rodríguez, indicado por Olavo de Carvalho. O ministro é defensor do movimento Escola Sem Partido e a favor da instituição de conselhos de ética em instituições de ensino. Vélez também postou mensagem nesta segunda, expressando seu desejo de início de “uma nova era” para o Brasil.
Esse cara não vai nunca buscar união.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »