* Justiça concede prisão domiciliar a João de Deus, mas ele seguirá preso.

O TJ-GO concedeu a prisão domiciliar para o médium João de Deus por um dos crimes de que ele é acusado, posse ilegal de arma de fogo, informa o G1.

João de Deus, porém, continuará preso em razão das acusações de abuso sexual.

Na sua sentença, o juiz Wilson Safatle Faiad escreveu que a prisão domiciliar só será efetivada mediante pagamento de fiança de R$ 1 milhão, uso de tornozeleira eletrônica e “se por outro motivo não estiver preso”.

A polícia havia apreendido na casa do médium, em Abadiânia, seis armas e cerca de R$ 1,6 milhão.
João de Deus segue na cadeia.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »