* Sindicato denuncia pacientes internados na sala de atendimento do Hospital Walfredo Gurgel.

Na tarde desta sexta-feira (14), o Sindsaúde visitou o Hospital Walfredo Gurgel e se deparou com uma situação lamentável. A sala de atendimento, destinada apenas a medicação dos pacientes, se tornou uma enfermaria, com dezenas de pessoas internadas sob macas e cadeiras.

Os pacientes internados deveriam estar resguardados em uma sala de internação, mas devido à superlotação do hospital, estão sendo obrigados a esperar na sala de atendimento. Durante a visita, a diretora do Sindsaúde, Rosália Fernandes presenciou uma situação humilhante de uma das pacientes, “tinha uma senhora que estava despida, estava completamente nua, porque não tinha um lençol para cobri-la”, afirma Rosália.

O Walfredo Gurgel é maior hospital do estado, e referência no atendimento às vítimas de acidentes, e além da capital, a instituição atende também pacientes de outras regiões do Rio Grande do Norte. A falta de médicos nos hospitais regionais do estado acaba agravando ainda mais a situação e a qualidade do serviço prestado pela instituição.
Triste fim da saúde do RN.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »