* “Uma coisa é a campanha, outra é governar”.

A ruptura prometida por Jair Bolsonaro durou um dia.

O general Augusto Heleno disse para a Folha de S. Paulo que, depois da posse, tudo mudou:

“Óbvio que é o turning point. É hora de conciliação. Uma coisa é a campanha, outra é governar para todos os brasileiros”.
Fato...
O antagonista
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »