* Casa Civil decidirá se prioridade será Previdência ou pacote anticrime.

O secretário especial de Previdência e Trabalho, Rogério Marinho, disse nesta sexta-feira (8) que a Casa Civil será responsável por decidir se o pacote anticrime do Ministério da Justiça será enviado ao Congresso Nacional em meio à discussão da reforma da Previdência.

Líderes de partidos que podem se alinhar ao Palácio do Planalto questionam qual será a prioridade do governo Jair Bolsonaro se o pacote do ministro da Justiça, Sergio Moro, tramitar com a proposta de reforma da Previdência.

As medidas anticrime e contra corrupção, de acordo com parlamentares, poderia dificultar a aprovação das mudanças nas aposentadorias.

“São assuntos distintos, e é evidente que a Casa Civil, que tem a prerrogativa e o comando dessa situação junto ao Congresso Nacional, saberá, ouvindo os ministérios, tomar a atitude mais acertada e estabelecer a estratégia”, afirmou Marinho.
Casa Civil com a palavra. 
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »