* Em dois meses, preço médio do litro de gasolina sobe R$ 0,44 em Natal.

Em dois meses, o preço da gasolina aumentou cerca de 11% na capital potiguar, de acordo com as pesquisas do Procon Natal. Enquanto o valor médio da gasolina comum era de R$ 4,039 em fevereiro, chegou a R$ 4,484 em abril - uma diferença de R$ 0,44. A última pesquisa é desta quarta-feira (10). 

Para se ter uma ideia da diferença, para completar o tanque de um carro de 40 litros, o motorista precisa desembolsar mais R$ 17,60 agora. O tanque completo custaria R$ 161,56 em fevereiro e em abril, R$ 179,36. 

Com o avanço dos valor, a gasolina comum chegou a custar R$ 4,69 nos postos mais caros da capital e R$ 4,41 nos mais baratos - uma diferença de R$ 0,28. A maior média de preço está na Zona Sul da cidade (R$ 4,53) e a mais baixa na Zona Oeste (R$ 4,43). 

No mesmo período de dois meses, o Etanol teve alta de 12,8% passando de R$ 3,174 para 3,583 no preço médio - diferença de R$ 0,40 centavos. A alta do diesel comum foi de 6%. 

De acordo com o diretor responsável pelas pesquisas do Procon Natal, Vinícius Capuxú, no mês de março foi registrado um aumento de 3% acima do reajuste feito nas refinarias. Pelo menos 15 postos da capital foram notificados. 

"Entre as justificativas, eles argumentaram que não tiveram aumento de margem e sim de custos com pessoal, logística e outras despesas que foram repassadas no preço", considerou. "Agora em abril, foi anunciado um aumento de 6,5% na semana passada e já na terça-feira (dia 9) eles repassaram justamente essa porcentagem", reforçou. 
Preço dos combustíveis aumentou em Natal — Foto: Flávio Muniz/Inter TV Cabugi/
Preço na pauta.
 G1/RN
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »