* TRE cassa mandato de senadora do PSL.

O Tribunal Regional Eleitoral do Mato Grosso cassou o mandato da senadora Selma Arruda (PSL) e seus dois suplentes, tornando-os inelegíveis para as eleições nos próximos 8 anos.

Recém-eleita, a senadora ainda poderá recorrer ao TSE, sem precisar deixar o mandato, enquanto questiona a condenação.

Selma Arruda foi acusada de contratar propaganda antes do período de campanha. Dívidas de R$ 1,2 milhão teriam sido pagos com recurso de origem clandestina, que não passaram pela conta oficial, o que configura caixa 2.

Em nota, a senadora disse estar tranquila.

“Respeito a Justiça e, exatamente por esse motivo, vou recorrer às instâncias superiores, para provar a minha boa fé e garantir que os 678.542 votos que recebi da população mato-grossense sejam respeitados.”
Senadora cassada na pauta.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »