* DR. BERNARDO COBRA AO ESTADO APLICAÇÃO DE VERBA DO MINISTÉRIO DA SAÚDE.

Durante sessão ordinária realizada nesta terça-feira (14), no plenário da Assembleia Legislativa, uma das principais pautas foi a saúde estadual. Alguns parlamentares enfatizaram que recorrer ao governo federal é a única alternativa para suprir as necessidades dos hospitais públicos. O Deputado Estadual Dr. Bernardo ressaltou que existe verba destinada ao Estado, porém subutilizada.
"Como é que nós vamos atrás da bancada federal buscar mais recursos, se o Ministério da Saúde destinou 4 milhões para cirurgias eletivas no RN em 2015, e até hoje as cirurgias não foram realizadas?", questionou na sessão legislativa. De lá para cá, só gastamos R$ 1,5 milhão (...) Temos recursos e não estamos usando”, informou.
"Tem recursos no Ministério da Saúde para cirurgias eletivas, mas infelizmente o Estado nem fez, nem está fazendo. Não atingiu os outros $ 2,5 milhões restante. E como é que vamos buscar recursos, se tem sobrando?", enfatizou.
Segundo o parlamentar, basta a Secretaria Estadual de Saúde autorizar as cirurgias e enviar a fatura para o Ministério liberar pagamento. Porém, isso não tem sido feito e os pacientes continuam na lista de espera, correndo risco de morte, por falta de atendimento cirúrgico.
 “Essa questão das cirurgias eletivas represadas e da superlotação dos hospitais é muito complicada. A situação da saúde é muito grave!", declarou preocupado com essa problemática discutida.
Dr. Bernardo ressalta: “É necessário, melhores condições para garantir uma saúde pública de qualidade no nosso Estado. É isso que vou continuar cobrando para a nossa população. Espero que o Governo do Estado resolva os problemas das demandas de cirurgias reprimidas e outros atendimentos emergenciais, aplicando com eficiência os recursos destinados”.
Dr. Bernardo Amorim em várias frentes.
 ASSECOM
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »