* Lula pede cautela e serenidade a seus advogados nesse momento.

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva conversou com seus advogados sobre o conteúdo dos diálogos que vieram à tona na reportagem do The Intercept.

Ele pediu “cautela e serenidade” e que evitem açodamento nesse momento. Nenhuma medida judicial deverá ser tomada de imediato. A orientação de Lula é também que se aguarde a disponibilização de todo conteúdo que jornalistas do veículo tiveram acesso.

“O ex-presidente pediu que todos os passos sejam bem pensados. Quer cautela e serenidade e sem açodamento. Recebemos esse informe do presidente” – disse o ex-deputado Wadih Damous, que atua na defesa de Lula.

Nesse momento, a orientação do ex-presidente é deixar que as instituições tomem suas providências e façam suas manifestações, como o anúncio do CNMP em pedir esclarecimento ao procurador Deltan Dallagnol e a nota da OAB pelo afastamento de Sérgio Moro do ministério.
Lula na pauta.
Veja
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »