* Bolsonaro tenta subordinar MPF ao seu desejo particular, diz ex-integrante da Lava Jato.

Em entrevista ao Estadão, Carlos Fernando dos Santos Lima, ex-integrante da Lava Jato, criticou a indicação de Augusto Aras para a PGR e disse que Jair Bolsonaro tenta “subordinar” o MPF e a PF “ao seu desejo particular de proteger a si e aos seus”.

“Certamente teremos um procurador-geral da República que fará considerações políticas na sua atuação institucional. Isso para a maioria dos procuradores da República é um erro. A função de PGR exige independência e coragem, e não subserviência e conformismo.”
Nossa.
O Antagonista
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »