* “A pior postura possível”

Em sua entrevista ao Estadão, Carlos Fernando dos Santos Lima, ex-procurador da Lava Jato, foi questionado sobre a postura de Jair Bolsonaro em relação ao caso Fabrício Queiroz. Ele respondeu:

“A pior postura possível. A simples concordância com a absurda decisão do presidente do STF, Dias Toffoli, em suspender as comunicações do Coaf e Receita Federal já demonstra a incapacidade de Bolsonaro em compreender a posição que ocupa.

Agrava ainda seu desejo em interferir na Superintendência de Polícia Federal do Rio de Janeiro, indicador que pretende subordinar o interesse público ao seu interesse particular, compreensível, mas irrelevante, de proteger o filho.”
Nossa...
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »