* Aluno é chamado de ‘macaco, gorila e veadinho’ em escola e polícia entra no caso.

Macaco, gorila e veadinho. É o que um adolescente teria ouvido de dona Zuca, uma septuagenária conhecida entre alunos como a dona da Disneylândia, escola particular no Conjunto Maguari, periferia de Belém (PA).

A Polícia Civil diz que um adolescente de 16 anos fez a acusação de injúria racial e prestou depoimento na Divisão de Atendimento ao Adolescente nesta segunda-feira (25). O caso foi registrado, e o garoto, atendido por uma equipe com psicólogo e assistente social.

O episódio aconteceu na quinta (21), um dia após a data que celebra a Consciência Negra. O jovem estava na sala de aula, com colegas e dois professores, quando dona Zuca, que só teve o apelido e o primeiro nome (Dora Célia) revelados, entrou.
Nossa. 
Folha de SP
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »