-

* Tiro que matou modelo na casa de delegado não partiu dela, aponta laudo.

Um laudo da polícia científica pode mudar o rumo das investigações e derrubar a tese do delegado Paulo Bilinskyj, que afirma que a namorada Priscila Delgado atirou nele e depois se matou durante uma briga de casal em São Bernardo do Campo, na Grande São Paulo.

De acordo com o documento, a trajetória da bala que atingiu o coração da jovem reforça indícios de que o tiro não teria sido disparado por ela, diz o R7.

Paulo é uma estrela nas redes sociais, fazendo vídeos sobre armas e técnicas de tiro.

Ele gravou um vídeo afirmando que Priscila atirou seis vezes contra ele e depois se matou.
Caso grave...
DCM
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Escrever comentários
31 de maio de 2020 10:18 delete

Com relação ao assasinato da modelo,acredito eu que ele agiu em última defesa ,e não quis assumir a autoria,mas não vai dar em nada isto,até porque ela tbm atirou nele,se foi troca de tiros não sei ....Mas sei que ela tbm atirou nele,talvez pra se defender, e 3 tiros acertou ele,e nela foi um único fatal...tbm não descarto a hipótese de que eles se atacaram e os tiros que atingiu ele foi na hora da luta a arma separou atingindo sua mao, perna etc ...O fato e que ela não está mais aqui e ele contará a versão dele contra os índices da perícia.

Responder
avatar