-

* Carluxo reclamava da atuação do almirante Rocha na Secom.

Carlos Bolsonaro vinha reclamando com o pai da atuação da Secom sob o comando do almirante Flávio Rocha, que hoje pediu para deixar o cargo alegando “questões pessoais”, relata Lauro Jardim.

Para Carluxo, a Secretaria de Comunicação de Jair Bolsonaro não estava sabendo se defender dos ataques ao governo.

Fabio Wajngarten, que perdeu a chefia da Secom após bater de frente com Fábio Faria, mas que ainda tem fortes laços com o bolsonarismo, era outro que vinha fazendo críticas à atuação do sucessor.

Rocha acumulava a Secom e a Secretaria de Assuntos Estratégicos. Agora, o almirante deve ficar apenas com a SAE.

Feudo familiar seu moço.
Antagonista

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »