-

* Renan Calheiros: "Bolsonaro pensa que delegado é jagunço".

 Indiciado por corrupção passiva e lavagem de dinheiro, o senador Renan Calheiros voltou a acusar Jair Bolsonaro de uso político da Polícia Federal para retaliar sua atuação na CPI da Covid.

Ele disse no Twitter:

PF não tem competência para indiciar senador, só o STF. Bolsonaro pensa que a Constituição e a PF são dele, que delegado é jagunço. Quis tumultuar a CPI: plantou áudio, mandou investigar o dono da Precisa para ele obter HC e calar-se. Mas a cada dia chegamos mais perto dos seus crimes.”

Como noticiamos, a PF afirmou em relatório enviado ao STF ter reunido indícios de que Renan recebeu R$ 1 milhão em propina da Odebrecht.

De uso político das instituições, Renan Calheiros também entende.

Nossa.
Antagonista


Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »