-

* VÍDEO: Deputado estadual chama colega de “burro” e gera mal-estar na Assembleia Legislativa do RN.

Uma brincadeira do deputado estadual Raimundo Fernandes (PSDB) causou mal-estar nesta terça-feira (14) na Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte. Durante uma reunião da Comissão de Constituição, Justiça e Redação (CCJR), o parlamentar tucano chamou o colega deputado Subtenente Eliabe Marques (Solidariedade) de “burro” e logo depois pediu desculpas após ter a fala repudiada pelo deputado do Solidariedade.

A “brincadeira” aconteceu já no fim da reunião. Os deputados estavam votando um projeto de lei da deputada Isolda Dantas (PT) que cria o Dia Estadual da Umbanda. Raimundo Fernandes apresentou parecer pela aprovação do projeto e só foi acompanhado pelo deputado Hermano Morais (PSB). Os outros três deputados da comissão – Albert Dickson (Pros), Kleber Rodrigues (PL) e Eliabe se abstiveram.

Na hora de proclamar o resultado da votação, os deputados questionaram a legitimidade do resultado, já que a maioria se absteve. No fim, Raimundo Fernandes declarou que o projeto foi “aprovado por unanimidade” de dois votos, já que outros dois deputados, segundo ele, se abstiveram – ele esqueceu de Eliabe. Ao ser lembrado que o deputado também se absteve, Raimundo Fernandes afirmou: “Mas Eliabe é burro”.

O deputado do Solidariedade reagiu: “Eu respeito muito Vossa Excelência. Não só pela idade, mas pela experiência que Vossa Excelência tem no parlamento. As brincadeiras são saudáveis, mas elas têm limites. Eu exijo de Vossa Excelência respeito. Peço que retire esse termo”.

Logo após o repúdio, o deputado do PSDB pediu desculpas e mandou retirar o termo do registro da sessão.

Em nota, o presidente do partido Solidariedade, Janiel Hercílio, repudiou a declaração de Raimundo Fernandes e disse que Subtenente Eliabe foi tratado de forma “deselegante e grosseira”. “No afã de defender interesses do Governo do Estado, a presidência da CCJ agiu de forma asquerosa contra um digno membro do parlamento”, enfatizou o partido.

O Solidariedade acrescentou que “Eliabe é um dos parlamentares mais gentis, respeitosos e educados da atual legislatura da Assembleia” e que “a ofensa dirigida ao deputado do Solidariedade feriu não só a ele, mas a todos os seus colegas de partido em todo o RN”.

A nota finaliza dizendo que o comportamento de Raimundo Fernandes “deixou uma péssima impressão da forma como a presidência da CCJ vem se comportando em seu importantíssimo trabalho de ser a porta de entrada dos mais relevantes temas da sociedade potiguar”.

Deputado em outro momento de desequilíbrio. 

Veja vídeo:

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »