-

* Mulher que foi expulsa de show do Gusttavo Lima após jogar garrafa no cantor diz que ficou indignada com falas políticas.

G1 - A arquiteta Virgínia Bandeira, que foi expulsa pelo cantor Gusttavo Lima durante um show de Réveillon em Fortaleza após jogar garrafa d'água nele, se pronunciou nas redes sociais sobre o ocorrido. No post, ela disse que se indignou com comentários políticos feitos pelo artista durante o show, que ela disse que “foi caro”. Um vídeo mostra o momento exato que o cantor foi atingido pelo objeto e falou "tira", pedindo para a equipe retirar a mulher.

“O que aconteceu na verdade foi que me indignei com a conotação política dada pelo cantor durante o show de réveillon, onde foi pago caro para me divertir e acabar tendo que participar de um ato político em prol do ex-presidente”, escreveu.

O post de Virgínia foi feito na segunda-feira (2), no Instagram, e reúne centenas de comentários. Na publicação, ela conta que, após os comentários de Gusttavo, ela fez o sinal de "L" com a mão, manifestando apoio ao presidente Lula (PT).

“Minha reação e de várias outras pessoas foi levantar a mão e fazer o 'L', de Lula. Por conta disso, logo no início do show, ele se dirigiu a mim falando que ‘eu merecia o bom e o bom era ele’, nesse momento repeti o gesto fazendo o ‘L’”, contou.

Além disso, Virginia disse que se sentiu desrespeitada após o cantor dizer que participava de um “campeonato de punheta”. Ela citou que havia inúmeras adolescentes acompanhadas de suas famílias na festa.

Ainda no post, a arquiteta também fez referência ao momento em que jogou água no cantor e afirmou que pode ter se excedido em sua reação em “repúdio a ele”.

Expulsão de show

O show aconteceu durante a vidada do ano. Após ter uma garrafa d'água jogada contra ele, o cantor expulsou a mulher e chamou a equipe da produção para retirá-la da pista. Outro vídeo mostra quando Gusttavo, chateado, olhou para a mulher e falou que até aceitou a situação por duas vezes, mas três era demais. Ele falou que devolveria o ingresso à mulher, caso ela quisesse.

Mulher...

Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »

1 comentários:

Escrever comentários
4 de janeiro de 2023 às 13:29 delete

Acho que todo mundo tem o direito de se expressar e ser respeitado, ela deveria ter respeitado ele pois não tem nada de mais ele se expressa assim como também ela se expressar da forma dela porém sem agredir ninguém, ele agiu certo em manda retira ela do show, sou segurança de eventos e sim a remoção da pessoa agressora da festa pode ocorre sem nem um problema pra manter a ordem na festa. Não precisava nem ele fala se o segurança visse ele já poderia retirá-la da festa e de qualquer um que tentasse em pedir a remoção da mesma.

Responder
avatar