* Na FIERN, Carlos Eduardo volta a defender geração de emprego e ajuste fiscal.

Em sabatina realizada nesta quarta-feira (22), com membros da FIERN, o candidato ao governo pelo PDT, Carlos Eduardo, voltou a defender o ajuste fiscal e geração de empregos.

O ajuste fiscal e geração de empregos, foram os primeiros pontos a serem levantados por Carlos Eduardo durante a sabatina na FIERN, quando indagado sobre os caminhos para recuperação econômica do estado. Carlos Eduardo disse para os presentes que vai criar uma agência público privada, sem novas nomeações ou despesas para o Estado, para que esta agência busque solucionar as pendências que forem levantadas pelo empresariado. “Vamos criar um fórum mensal com a classe empresarial, para que possamos solucionar as pendências e entraves encaminhados para este novo fórum de discussão, e com desdobramentos para que o Rio Grande do Norte volte a crescer”. 

Carlos Eduardo disse que sendo eleito, tem que focar na geração de emprego porque não deve ser o Governo a dar emprego, mas a indústria e os serviços estabelecidos no Rio Grande do Norte. Indagado sobre as “sobras orçamentárias dos poderes”, Carlos Eduardo disse que com sua experiência administrativa como Prefeito de Natal, abrirá o diálogo com os poderes para que as sobras possam ser devolvidas ao órgão arrecadador que é o executivo.

Ainda durante sua explanação aos membros da FIERN, Carlos Eduardo disse que ao assumir o Governo do Estado vai contratar uma consultoria para que se faça uma auditoria na folha e demais áreas do Governo para que possa colocar o estado no tamanho que ele pode pagar. Nem Estado máximo e nem Estado mínimo, o Estado necessário.
Carlos Eduardo na FIERN.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »