* Casa Branca condena envio de explosivos a Obama e Clinton.

A porta-voz da Casa Branca, Sarah Sanders, divulgou um comunicado no qual condena o envio de potenciais dispositivos explosivos para casas dos ex-presidentes Barack Obama e Bill Clinton, nesta quarta-feira (24).

“Condenamos as tentativas de ataques violentos contra o Presidente Obama, o Presidente Clinton, a Secretária Clinton e outras figuras públicas”, afirmou Sanders.

Outros pacotes foram enviados para o prédio da Time Warner, que abriga a CNN, em Nova York.

O presidente da CNN, Jeff Zucker, enviou um e-mail para toda a equipe baseada em Nova York. O executivo afirmou que a empresa está “trabalhando com as autoridades para determinar a gravidade da situação”. A nota também dizia que a segurança dos funcionários era a principal prioridade.
Segundo o Serviço Secreto norte-americano, os destinatários das bombas não se feriram.

Donald Trump Jr, filho do presidente dos EUA, também se manifestou pelo Twitter, reprovando os ataques. Trump Jr. se recordou de pacotes suspeitos com pó branco que ele recebeu no ano passado.

“Como alguém cuja família foi diretamente vítima desses pacotes ameaçadores, eu condeno quem fez isso, independentemente de partido ou ideologia. Isso tem que acabar e eu espero que eles [os culpados] acabem na cadeia por um longo tempo”, sentenciou o filho de Trump em um tom firme nas redes sociais.

O vice-presidente Mike Pence, também condenou o envio dos explosivos. “Essas ações covardes e desprezíveis não têm lugar no país”, falou. Pence ressaltou que os responsáveis “serão levados à justiça”.

O presidente dos EUA, Donald Trump, se manifestou sobre o ocorrido em seu perfil oficial no Twitter. Trump retweetou os dizeres de seu vice.

Chelsea Clinton, a filha de Bill e Hillary, por sua vez, agradeceu ao trabalho do Serviço Secreto, que interceptou a bomba enviada a seus pais.

Na última segunda-feira (23), um pacote semelhante foi enviado para a casa do bilionário George Soros.

Confira o comunicado da Casa Branca na íntegra.

“Condenamos as tentativas de ataques violentos contra o Presidente Obama, o Presidente Clinton, a Secretária Clinton e outras figuras públicas. Esses atos terroristas são desprezíveis, e qualquer responsável será responsabilizado em toda a extensão da lei. O Serviço Secreto dos Estados Unidos e outras agências de aplicação da lei estão investigando e tomarão todas as medidas apropriadas para proteger qualquer pessoa ameaçada por esses covardes”.
Caso odioso. 
R7
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »