* Bolsonaro ameaça cortar relações com Cuba.

O presidente eleito Jair Bolsonaro disse que "não faz sentido manter relações diplomáticas com Cuba" porque a ilha desrespeitou os direitos humanos. Em entrevista publicada nesta sexta-feira pelo jornal "Correio Braziliense", Bolsonaro criticou o programa "Mais Médicos", no qual 11.420 médicos cubanos trabalham em regiões pobres ou remotas do Brasil. 

Segundo Bolsonaro, Cuba só repassa aos médicos 75% do valor de seus salários  e o governo da ilha ainda não autoriza os profissionais a trazerem seus filhos para o Brasil. 

— Isso é uma tortura para uma mãe — disse Bolsonaro. — Podemos manter relações diplomáticas com um país que trata seu povo dessa maneira? — questionou. 

Ele disse ainda que o programa, iniciado pela ex-presidente Dilma Rousseff para prestar atenção médica em áreas descobertas por médicos brasileiros, poderia continuar, mas os médicos cubanos teriam que obter seu salário integral e pode trazer consigo seus filhos.
Bolsonaro na pauta.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »