* Ex-assessor de Flávio Bolsonaro recebia até quando estava fora do país.

O Jornal Nacional mostrou que um outro ex-funcionário de Flávio Bolsonaro, Wellington Sérvulo Romano da Silva, passou metade do tempo que ocupou cargo na Alerj fora do Brasil.

Entre 2015 e 2016, ele fez diversas viagens a Portugal, onde ficou 248 dias, no período de 1 ano e 4 meses em que estava empregado na assembleia fluminense.

O Antagonista
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »