* Fundação do PSL de Bolsonaro pagou despesa de blogueiro ligado a fake news.

A Indigo (sigla para Instituto de Inovação e Governança), fundação mantida com recursos do PSL, partido do presidente Jair Bolsonaro (PSL-RJ), pagou despesas do blogueiro conservador Allan dos Santos, um dos fundadores do site Terça Livre e conhecido por divulgar notícias falsas, segundo reportagem do Uol.

Allan, que sempre afirmou não ser bancado por partido político, foi financiado pela instituição para que participasse da Cúpula Conservadora das Américas, em dezembro de 2018.

A Indigo é presidida por Sérgio de Petribu Bivar, filho do atual presidente nacional do PSL, Luciano Bivar. A fundação mantida com recursos do Fundo Partidário é vinculada ao PSL. 

Documentos obtidos pelo UOL junto ao TSE (Tribunal Superior Eleitoral) mostram que a Fundação Indigo pagou passagens de avião e diárias de hotel para que o blogueiro.

Os recibos referentes às despesas de Allan dos Santos constam da prestação de contas do PSL à Justiça Eleitoral. Todos os anos, os partidos e suas fundações precisam prestar contas de como utilizaram os recursos que receberam, seja por meio de doações privadas, ou por meio do Fundo Partidário, composto por recursos públicos.
Nossa...
UOL
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »