* Styvenson é a prova do fracasso da "nova política".

Em 2018, criou-se um fenômeno relâmpago de renovação política, a famosa "nova política".

Essa onda, liderada por um político com passagem por 11 partidos, aliado de todos os governos da "nova" (pós 88) República, parceiro político de Eduardo Cunha, Sérgio Cabral e Paulo Maluf e com 28 anos nas "tetas" do poder. Ah todos os filhos nas mesmas "tetas".

Esse "fenômeno" elegeu cada figura que faz até "gosto" seu moço.

Pois bem...

No pequenino RN, nasceu o político que não quer ser "político" e não gosta de "político", Styvenson Valentim...

E daí?

Após pouco mais cinco meses de mandato, nem Styvenson suporta o "povo" e nem o "povo" suporta o "Capitão".

Moral da História...

Styvenson tem sido apenas uma prova dessa desastrosa e sem produtiva "nova política".

Segue o jogo, seu moço!
Se fabricar "herói" é algo surreal, fica a dica!
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »