* Styvenson tá se "saco cheio" e dispara, "Eu nunca pedi votos".

O senador Styvenson Valentim (Podemos) está irritado, e muito, com a mancha de ‘traidor’, por parte de seus eleitores e seguidores nas redes sociais. Diante da repercussão negativa, logo após ele ter votado contra o decreto presidencial que facilita o acesso às armas de fogo no Brasil, o capitão decidiu externar sua indignação em um vídeo que foi postado e minutos depois retirado do Instagram.

Styvenson inicia a gravação justificando não ter votado a favor do decreto, devido às falhas legais e constitucionais. Depois, ele manda recado a quem se diz decepcionado, acusando-o de ‘trairagem’ nas redes sociais: “Quem não respeita a lei, quem abusa da autoridade e anda na ilegalidade, por favor, não me siga! É um favor que você faz a mim. Eu nunca pedi voto, muito menos a gente que desrespeita a constituição”, esbravejou.

O capitão continua seu ‘recado’ aos seguidores e eleitores que estão desapontados com sua decisão: “Com certeza eu não o represento, tá bom? Posso até ter traído você, que está reclamando aí com esse mimimi, mas não traio o que eu prometi aqui de defender a constituição. Tô aqui falando e explicando um Projeto de Lei que combate à corrupção e você aí vem conversar besteira…Tô de saco cheio já. Faça assim… fique aí só pensando em arma, arma e arma. Infelizmente, essas pessoas que eu decepcionei não cumprem a lei”.
Eita política...
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »