* Nova droga promete acabar com a dor da enxaqueca em duas horas.

Existem pacientes que não respondem aos medicamentos disponíveis contra a enxaqueca. As drogas têm ainda outros limitadores: a possibilidade de fortes efeitos colaterais e a proibição de prescrição para indivíduos com doença cardiovascular, já que constringem os vasos sanguíneos. Pesquisadores da Faculdade de Medicina Albert Einstein e do Sistema de Saúde Montefiore, ambos nos Estados Unidos, desenvolvem um tratamento alternativo.

Em testes de segurança e eficácia com humanos, a nova substância teve resultado promissor. “Pela primeira vez em quase três décadas, as pessoas com enxaqueca não ajudadas por medicamentos existentes podem ter uma nova opção para encontrar alívio durante os ataques”, comemoram, em comunicado, Richard B. Lipton e Edwin S. Lowe, autores do estudo, divulgado na edição de hoje do New England Journal of Medicine.
Recado dado.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »