* ‘Solteira, eu sou um perigo. Sou tipo homem’, diz Luana Piovani.

Protagonista de uma das separações mais comentadas do ano, Luana Piovani está, como diz a expressão popular, “na pista”. Depois do fim do casamento com o surfista Pedro Scooby, que hoje namora a cantora Anitta, Luana brinca que tem quatro namorados — nenhum deles sério. O português Ruben Rua, o “colírio”, com quem divide o “Like Me”, o reality com 12 influenciadores, é um dos seus “sonhos de consumo”. A admiração parece recíproca: “A primeira coisa que fiz quando soube que ia apresentar o programa com a Luana foi ir ao Instagram dela. Parecia ser uma pessoa superenérgica e divertida. No primeiro encontro, a frase que me saiu quando demos um abraço foi ‘isto vai dar certo’. Tenho certeza de que ela fica até o fim da minha vida”, prevê Ruben.

No rol de affairs também estão dois brasileiros que vivem em Lisboa: Igor Marchesi e Vinicius Caldeira, de quem Luana não desgruda. “Além de linda e talentosa, ela carrega essa molecada toda. Admiro a sua força”, comenta Igor. Luana, envaidecida, emenda: “Solteira, eu sou um perigo (risos). Sou tipo homem”, diz a atriz, que ainda tem no coração um lugar especial para o barman Douglas Silva, de São Paulo. 

“Tem sempre um vitimismo que cerca a mulher na separação. Fica todo mundo com pena, porque a gente que fica com os filhos”. Daí, acredita Luana, vem a sensação de que é preciso arrumar alguém para estar bem novamente. “E não! Acabei de me separar, por que é que vou querer alguém novo? Acho que nunca mais vou casar. Quero passar o rodo, namorar, me divertir. Estou na Europa, é verão. Já construí o meu castelo.”
Luana Piovani.
O Globo
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »