* PM vai instaurar processo para apurar caso de policial que atirou em cobra no interior do RN.

O Comando Geral da Polícia Militar informou nesta quarta-feira (31) que vai instaurar um Processo Administrativo Disciplinar (PAD) para apurar o caso do policial militar que atirou em uma cobra na zona rural do município de Pedra Preta, no interior do Rio Grande do Norte. O caso aconteceu há cerca de 15 dias e um vídeo gravado por uma pessoa que estava no local mostra a situação.

No vídeo, o policial - que está fardado e ao lado de uma viatura - aponta a arma contra uma cobra e efetua o disparo. A situação acontece em uma estrada de terra, numa zona rural do município. É possível ver ainda outra cobra na pista. 

Após a notificação sobre o caso, o Comando da PM confirmou que vai instaurar um PAD para apurar o que aconteceu. As cobras encontradas são da espécie jiboia.

O policial militar pode responder por crime contra o meio ambiente, previsto na Lei 9.605 por "matar, perseguir, caçar, apanhar, utilizar espécimes da fauna silvestre, nativos ou em rota migratória, sem a devida permissão". A pena é de detenção de seis meses a um ano, além de multa. 
Tanta coisa pra fazer né seu moço...
G1
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »