* Justiça determina demissões na Prefeitura de Caraúbas.

O Desembargador Claúdio Santos atendendo agravo do Ministério Público do Rio Grande do Norte proferiu decisão datada de 25 de setembro contra a Prefeitura de Caraúbas.

O agravo dispunha da necessidade urgente da municipalidade caraubense demitir servidores comissionados, contratados e ações gratificadas visto a municipalidade está ferindo a Lei de |responsabilidade Fiscal.

Na data supra citada, o desembargador Cláudio Santos através de liminar determinou que o município de Caraúbas adotasse medidas de contenções de despesas com pessoal, além de redução de 20% das despesas com cargos comissionados e funções gratificadas.

Após essa decisão o prefeito Juninho Alves começou a demitir servidores em diversas áreas da gestão da "Nova Caraúbas". Esse corte pode atingir até 200 servidores.

Após essa decisão, a situação política do prefeito Juninho Alves sofrerá um grandioso desgaste contudo não existe outra saída.
Decisão Judicial na pauta.
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »