* Quatro lugares no Nordeste em que o pôr do sol virou atração.

Praia do Jacaré
Cabedelo (PB)
 
No cair do sol, turistas se amontoam à beira do rio Paraíba, ao norte de João Pessoa, para assistir ao show do músico Jurandy do Sax. De dentro de uma canoa, ele toca todos dias o mesmo “Bolero” de Ravel —até o fim de outubro foram 6.922 apresentações. Para garantir um bom lugar, é bom chegar cedo ou fazer o passeio de barco, que funciona como camarote. No entorno, há ambulantes, barracas de comida e lojas de artesanato

Morro de São Paulo
Cairu(BA)
 
Perto da Fortaleza de Morro de São Paulo, estão os lugares mais disputados para assistir ao pôr do sol: o restaurante do hotel Portaló, o Mirante do Farol e o bar Toca do Morcego. Este tem mesas e pufes em meio às árvores e música eletrônica. Oferece uma das melhores vistas —um pouco comprometida pelas selfies. A entrada custa R$ 15 (fecha às segundas)
Maracajaú
Maxaranguape (RN)
 
Mais conhecido pelas piscinas naturais, o local também é um ótimo ponto para assistir ao cair do sol. Do alto da duna, dá para ver a praia e, do outro lado, uma planície coberta por vegetação rasteira que se estende até o horizonte, onde o sol se põe, refletido em uma lagoa. Passeios de quadriciclo são uma boa maneira de se chegar até ali.

Lagoa das Guaraíras
Tibau do Sul (RN)
 
A dez quilômetros do vilarejo de Pipa, os mirantes à beira da lagoa enchem ao entardecer. O local é o ponto final dos passeios de jardineira que passam pelas praias da região. Há restaurantes e creperias com vista para o pôr do sol, mas também dá para se acomodar na praia ou na mureta da estrada.
Lindo seu moço.
FOLHAPRESS
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »