* Em nota, Agripino considera “injusta e desproporcional” indisponibilidade de bens.

O ex-senador José Agripino Maia emitiu uma nota acerca da decisão judicial que determinou a indisponibilidade dos bens a partir do suposto esquema de funcionário fantasma.

Confira a nota…

Por entender a medida injusta e desproporcional, baseada em acusações inverídicas que ao final do processo restarão esclarecidas e tendo em vista que os motivos que ensejaram a decretação de indisponibilidade de bens já foram considerados ilegais e inconstitucionais pelo Supremo Tribunal Federal,exerço meu direito constitucional de defesa, entrando com o recurso cabível junto ao Tribunal Regional Federal da 5ª Região ,confiando em que a verdade dos fatos se restabeleça.

José Agripino Maia
j
Será se um político tão experiente iria "cair" em algo tão primitivo seu moço?
Proxima
« Anterior
Anterior
Proxima »